AMB externa preocupação pela autorização do MEC para novos cursos de medicina em 37 municípios

A Associação Médica Brasileira está preocupada com os efeitos da Portaria 545/16 do MEC, que autorizou a abertura de novos cursos de Medicina em mais 37 municípios brasileiros, o que representa aumento de 3.000 vagas, sem que haja comprovação da existência de docentes capacitados para ministrar as aulas, nem definição dos hospitais-escola para os futuros acadêmicos.

A autorização diz respeito a 6 municípios da Bahia, um do Espírito Santo, Pernambuco, Rondônia e Santa Catarina, 4 de Minas Gerais, 4 do Paraná, 2 do Rio de Janeiro, 4 do Rio Grande do Sul, enquanto São Paulo poderá abrir novos cursos em Araçatuba, Araras, Bauru, Cubatão, Guarujá, Guarulhos, Jaú, Mauá, Osasco, Piracicaba, Rio Claro, São Bernardo do Campo e São José dos Campos.

A AMB reitera a preocupação das entidades médicas nacionais, que defendem maior rigor nos métodos de avaliação dos cursos e o fechamento dos que reconhecidamente colocam no mercado profissionais com formação deficiente.